AGENDA CULTURAL

17.7.21

A favor de Doria

 

Hélio Consolaro é professor, jornalista e escritor. Araçatuba-SP 

Antes de qualquer emissão de pensamento, é bom dizer que João Dória (PSDB) não mereceu o meu voto em 2018, mas preciso tirar o chapéu (e eu uso chapéu) para a sua política de enfrentamento de Bolsonaro por meio da vacina. Ele e os governadores do Nordeste, principalmente os do PT.

Se não houvesse governadores fiéis à ciência, que persistissem na vacina para a população, hoje os brasileiros estaríamos em pior situação, ou seja, nas mãos de atravessadores, de bolsonaristas querendo faturar em cima da compra da vacina (os comissionamentos, eufemismo de propinas). Os falsos patriotas foram mais longe com sua hipocrisia: são genocidas. 

O Estado de São Paulo, com condições financeiras melhores, sem precisar muito do governo federal, bancou a Coronavac, por isso iniciou a vacinação em janeiro de 2021, deixando Bolsonaro sem saída com a enganação de sua cloroquina.  

A instalação da CPI DA COVID no Senado Federal retirou os últimos véus da pretensa pureza ideológica do bolsonarismo. Os bolsonaristas estão no governo para se locupletar com o dinheiro público.

Ninguém se torna idealista num toque de mágica, tendo uma vida política, pregressa, cheia de rachadinhas como deputado federal, de repente se tornou salvador da pátria em 2018.  

Seu líder maior, Bolsonaro,  passou de um fanfarrão patriota para um presidente genocida, deixando o seu povo ser atacado e morto pelo vírus. Impeachment já!

Nenhum comentário: