AGENDA CULTURAL

12.2.21

Covid-19: anjo de plantão na UTI


*Hélio Consolaro é professor, jornalista e escrior. Araçatuba-SP

Aconteceu quase na véspera do Natal de 2020, no ano passado, mais precisamente em 22/12, a nossa companheira de Rotary, Maria Zilma Corrêa Dornelas, se internou no Hospital da Unimed de Araçatuba com Convid-19 e só saiu no outro ano, 11/02/2021.

Já pensou passar Natal e Ano-Novo na UTI de um hospital, ou ter a mãe, esposa, ou avó isolada do mundo em festas tão familiares... É um castigo.  

Maria Zilma, esposa de Donizete Dornelas, é mulher do terço, das rezas, amiga dos padres, querida entre os rotarianos. Choradeira geral. A mãe dela com mais de 80 anos pegou a Covid0-19 também, mas foi só uma gripezinha. A filha com 66 anos, internação de 51 dias. O vírus não pede apresentação de RG.

No Rotary, no grupo do zap, um dia após o internamento, alguém começou a reza, orações parecidas com mantra, mas escritas, o Pai-Nosso. Foram 50 dias de orações ininterruptas, varavam a madrugada, cada um digitava um pedacinho. O outro continuava. De vez em quando, havia erro de digitação e saía um palavrão misturado. Deus entendia, não está atrás de picuinhas.

Aí, o pessoal da igreja católica também abriu no zap um grupo de oração no dia 28/12/2020 no mesmo esquema. Aí veio multidão. Quando se trata de reza, predomina o feminino. Eram turbilhões de gente rezando. Não sei se o Papai do Céu escreve em português, mas se leu todas as orações, expulsou o corona do corpo dela.

Agora, que Zilma saiu do hospital, o pessoal do Rotary Cruzeiro do Sul, do qual sou presidente, continua orando, porque a Leda Geralde, nossa companheira de clube, também caiu na unha do corona vírus, mas se reabilitou com menos rezas. Cada caso é um caso.

A Leda Geralde me passou uma mensagem, depois de curada, dizendo: “Recebi a Graça do dom da cura. É uma luz tão intensa que vibra em todas as direções, momentos intensos de sensações inexplicáveis, ter vivido estes momentos só o Espírito Santo explica. Na minha vida classifico como maravilhoso”.

Alguém vai me perguntar se não vou escrever sobre os médicos, o hospital, a UTI, os medicamentos. Quantas vezes, as rezas eram interrompidas para ouvir o boletim médico em áudio.

As duas partes se ajudam, se interagem. A reza deixa as pessoas ligadas, com energia voltada para o quadro clínico, orienta os médicos, potencializa os medicamentos, distribui anjos pelos corredores do hospital e deixa um de plantão na UTI. Esse mundo é um só.     

6 comentários:

Unknown disse...

Que texto lindo!!! Palavras q expressam nossas ações num momento de fé!!

Monica Sacutti disse...

Pura verdade, as orações trazem os anjos para nos auxiliar. Foi uma corrente que nos ajudou muito , até quem não estava com covid.

Alcino disse...

A batalha foi grande, mais no final a vitoria foi conquistada para honra e glória de Deus!

Maria zei disse...

Que corrente de orações emocionante e sentíamos o pulsar do coração dizendo:elas já se curaram pois DEUS atendeu as nossas preces.

Maria zei disse...

Orei e pedi tanto pelas minhas companheiras e DEUS me ouviu : Elas estão curadas.Obrigada meu Deus.

Anônimo disse...

👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻