AGENDA CULTURAL

13.9.16

O que os pastores estão fazendo com seu rebanho?

LEIA ESTA NOTÍCIA:
Pastor Rener Baptista
Aliados dos candidatos a prefeito Dilador Borges (PSDB) e Luís Fernando de Arruda Ramos (PTB) foram na segunda-feira (12) à Justiça Eleitoral "reivindicar" a presença do PSC em suas coligações. O assessor jurídico da campanha tucana, o vereador Ermenegildo Nava (PP), ingressou com representação eleitoral após o novo presidente local do partido cristão, pastor Rener Baptista, ter dito que iria à Justiça para a sigla “mudar de lado” nestas eleições. 

Rener, por sua vez, compareceu ao cartório eleitoral para obter informações sobre atos praticados pela antiga direção do PSC, a fim de apontar possíveis irregularidades que possam anular a aliança com Dilador. Em sua representação, Nava relatou que o deputado federal pastor Marcos Feliciano (PSC-SP) esteve na igreja Comunidade Cristã Nova Geração no último dia 7 para participar de culto, sob a presidência do pastor Rener, que contou com a presença de vários políticos, dentre os quais o prefeito Cido Sério. 

Nava afirmou, no documento, que o pedido de votos para Arruda, que teria sido feito por Feliciano, era ilegal. “Tanto o pastor que lidera a igreja quanto o pastor pregador, deputado federal, deveriam saber que era proibido fazer propaganda eleitoral em templo religioso”, disse Nava.


(Portal Folha da Região, 13/09/2016)

COMENTÁRIO DE HÉLIO CONSOLARO 
Candidato a prefeito de Araçatuba nas eleições de 2016*

O bom pastor leva o seu rebanho para lugar seguro, fora do alcance das garras do lobo, mas não parece o que está acontecendo em Araçatuba. 

Alguns pastores vendem a igreja de porteira fechada para determinado candidato. Aí o outro candidato não aceita isso, puxa os pastores pra cá e pra lá. Parecem filhos de pais separados.

Há pastores que em vez de pregar a Palavra de Deus, em sua igreja só fazem campanha eleitoral.


Pastor Josué Galdino, presidente do PSC
Também sou candidato e também temos apoiadores evangélicos, mas estão comigo por livre e espontânea vontade. 

Outro dia, recebi uma senhora que queria vender o seu rebanho de 400 ovelhas para mim, recusei e lhe disse que eu não tenho dinheiro e nem concordava com a proposta dela, misturar política com religião.  
Pastor deputado Marcos Feliciano

O PSC, presidido em Araçatuba por Josué Galdino, é o partido do fascista Jair Bolsonaro. O pastor deputado Marcos Feliciano, envolvido na confusão em Araçatuba, votou recentemente contra a cassação de Eduardo Cunha. Pelo jeito, alguns pastores estão levando o seu rebanho para a boca do lobo.

*Hélio Consolaro é professor, jornalista e escritor. Vereador de 1983-88 e secretário municipal de Cultura de 2009-2016.

2 comentários:

Hélio Consolaro disse...

HÉLIO CONSOLARO: reproduzo aqui explicações, respostas do pastor Rener Baptista feitas no Facebook sobre esta matéria. Trata-se de um compromisso jornalística de minha parte de dar voz a outra parte:

Obrigado Hélio pelas considerações.... O que tenho feito com meu rebanho não sei porque não tenho, o que temos são filhos ministeriais, eu não gero nada num curral, mas um lar, uma família ministerial... E sei de muitos pastores fazem o mesmo.. Como em todas as classes temos pessoas más, mas também excepcionais..
Agora com os filhos que o Senhor tem me confiado é ensina-los a implantar o reino de Deus nesta terra...mudar qualquer ambiente com nossa presença... E eles conhecem o pai espiritual deles.. Então eles já estão acostumados a ver minha postura como líder.., a buscar mendigos e levá-los em minha casa e dar banho e por roupa e comida para assistir nossos cultos como uma pessoa digna... A ver o pastor e a pastora adentrar dentro de um prostibulo e levar à todos para minha casa, preparar um banquete, onde dois casais de irmãos já haviam preparado para que as prostitutas e o dono do prostibulo não somente ouvir a palavra de Deus, mas se sentir especial como mulheres honradas e depois saber que algumas delas desistiram e voltaram para suas casas... Agora eles estão mais uma vez me cobrindo em oração crendo que eu recebi uma missão de Deus para mudar o ambiente na qual estou sendo inserido...
Por que onde um homem de Deus, nao aqueles que se dizem, põe os pés santifica...agora quando se trata a eleição, assim como foi dito no domingo, aliás nossos cultos são transmitidos ao vivo, se quiser podem conferir, foi dito para exercer a democracia, cada um vota em quem quiser... Agora se tento salvar um mendigo, ou um dono de prostibulo, porque não posso salvar um político para glória de Deus??? A mim foi confiado pregar o evangelho... Querem nos conhecer verso os demais trabalhos que nossa comunidade oferece...

EUCLIDES VIEIRA DE SANTANA disse...

Sou visceralmente contra "líderes"(sic)de igrejas,seja ela qual for,disputarem cargos publicos,via politica..Veja os exemplos de Feliciano,Cunha e outros.Quer ser politico.?Tira a farda e vai.Já parou prá pensar se o Papa Francisco se candidata.?O Brasil é laico.Cada pastor no seu galho....