AGENDA CULTURAL

2.9.21

Mega-assalto de Araçatuba: o novo cangaço

Quadrilha ataca agências bancárias e faz moradores reféns em Araçatuba; três pessoas morreram

Hélio Consolaro é professor, jornalista e escritor. Araçatuba-SP 

Durante a madruga, começando à meia- noite, me desliguei da realidade, dormi; mas escutei um tiroteio de loja inaugurando qualquer coisa.

"Uma hora dessa? Parece Afeganistão?"

A Helena dormindo. Como bom idoso, nem me lembrei de ver celular, zap e sites noticiosos. Araçatuba estava pegando fogo, sendo minada, e eu dormindo em berço  esplêndido, como um bebezão.

De manhã, a Hélen, minha filha, que ainda não apagou a sua chama de espírito jornalístico, já deu mensagem em primeira mão:

- Mãe, não vai caminhar! A cidade está minada de bombas! E os bandidos fugiram pela zona norte! 

Aí as notícias foram chegando. Exame médico de vista para renovar foi suspenso. Os netos não foram à escola, a farmácia que ficava no centro de Araçatuba não atendia nem ao telefone. Isso durou dois dias.

Liguei a televisão, a cidade estava em rede nacional, até este cronista interiorano deu entrevista à Rádio Jovem Pan de São Paulo via plataforma digital.

Mortes, pés decepados, explosivos, pessoas foram feitas de escudo durante o assalto, um menos avisado foi filmar e levou sete tiros. Parecia cangaceiro invadindo cidades no Nordeste. 

Como hoje há especialista em tudo para fornecer dados e interpretações dos fatos sociais ao cronista, mestre em generalidades; a antropóloga Jânia Perla Diógenes de Aquino, professora da Universidade do Ceará, sabe tudo sobre o novo cangaço que surge nos novos assaltos em cidades médias pequenas do Brasil. Na verdade, terrorismo. 

Agora chegou a vez do noticiário sobre a polícia achando os bandidos esparramados pelo mundo, cata um aqui, outro acolá.  

Neste episódio, eu me senti em Cabul, capital do Afeganistão. Não sei por quê, mas me lembrei do Bolsonaro com aquela frase de que é melhor o brasileiro comprar fuzil do que feijão. Besteira minha! Tanta coisa para pensar, ficar escutando um louco!

*Hélio Consolaro é professor, jornalista e escritor. 

 Videoclipe do mega-assalto sob o ponto de vista dos bandidos 

Mc Bokão - Assalto Em ARAÇATUBA ( Web Clipe ) Dj Jadson SP

2 comentários:

Anônimo disse...

❤Parabéns a vc,Hélio!

Unknown disse...

Parabéns